terça-feira, 11 de dezembro de 2007

À companheira Lúcia Rincón na dor de sua perda (Letícia Érica)



Sei que...
A dor da perda é irreparável
Que..
O vazio da ausência é insuperável
Sei que...
A existência nessa terra se acaba
Mas...
a imagem do coração não se apaga
Sei que...
O tom da voz com o tempo se olvida
Mas...
a palavra de amor não será esquecida
Sei que...
O lugar na mesa ficará vazio
Mas...
a força da presença aquece o frio
Sei que...
O amor de mãe é insubstituível
Mas...
o exemplo da mulher é impreterível

Dona Helena é...
Uma saudade para os netos queridos
Um exemplo a ser seguido

Um exemplo de...
mãe dedicada
mulher determinada
companheira ideal
guerreira sem igual

Uma luz que resistirá ao tempo
Brilhando nos corações dos que a conheceram.

Um comentário:

Cidinha disse...

Bonita demonstração de solidariedade.

Parabéns ao CPM pelo
Blog.