quarta-feira, 12 de maio de 2010

Dilma Rousseff e sua posição sobre o aborto

Ao ser questionada sobre o aborto, Dilma afirma que considera o aborto uma violência contra a mulher, no sentido de que, as mulheres da periferia se submetem a todo o tipo de situações para conseguir fazer um aborto.

 Por isso, sua posição em relação ao aborto é de que ele tem que ser tratado como um caso que necessita de uma política de saúde pública específica.

Alguns sites, como a UOL, por exemplo, traz a manchete “Aborto é violência contra a mulher", diz presidenciável petista Dilma Rousseff”, o que pode causar uma ambigüidade de compreensão, levando a entender que ela se posiciona contra a legalização, o que é incorreto.

Em fevereiro deste ano, falando para a revista Época, ela deixa bem claro o seu posicionamento, que pode ser conferido  abaixo.

ÉPOCA – Qual é sua posição sobre o aborto?



Dilma – Nenhuma mulher, feminista ou não, é a favor do aborto. Se você é mulher, consegue imaginar o que o aborto produz numa pessoa, o nível de violência que é. É extremamente distorcida essa questão de falar que fulana ou beltrana é a favor ou contra o aborto. É a favor ou contra o quê? Sou a favor de que haja uma política que trate o aborto como uma questão de saúde pública. As mulheres que não têm acesso a uma clínica particular e moram na periferia tomam uma porção de chá, usam aquelas agulhas de tricô, se submetem a uma violência inimaginável. Por isso, sou a favor de uma política de saúde pública para o aborto."


A intrevista pode ser conferida na íntegra no link abaixo:
http://dilmapresidente.blogspot.com/2010/02/epoca-entrevista-dilma.html

4 comentários:

Thàáta Germano disse...

essa e boa..quer dizer que ABORTO agora é um DIREITO? Onde as mulheres estão com a cabeça? Claro que temos que decidir sobre o nosso proprio corpo..mais não devemos por causa disso DESTRUIR a vida de um ser inocente..pensasse nisso antes de fazer um filho para depois não ter que matá-lo e ainda por cima dizer que isso é um DIREITO. Pra mim que sou Mulher isso é nada mais nada menos do que EGOISMO DE NOSSA PARTE.. O ser humano e muito EGOISTA...só pensa em si mesmo...E nós MULHERES DEVEMOS FAZER ESSA DIFERENÇA e MUDAR ESSA REALIDADE PENSANDO NA VIDA...O EGOISMO É A PIOR COISA QUE EXISTE...Devemos Lutar juntas contra ele...SE NÃO QUER TER UM FILHO NÃO O FAÇA..NÃO BRINQUE COM FOGO POIS VC PODE SE QUEIMAR... a mesma coisa...se vc fazer SEXO por brincadeira e acabar se descuidando concerteza vc vai ficar gravida e depois vem com essa conversinha que é direito..PENSEM MULHERES AFINAL NÓS SOMOS INTELIGENTES OU NÃO SOMOS? DIGA NÃO AO ABORTO...pois com eu disse não UMA questão de direito MEU e sim de OUTRA vida que a partir do PRIMEIRO momento já faz Parte de nós..devemos pensar por dois (eu e o bebe)e não só EU ...NÃO SEJAMOS EGOISTAS!

Anônimo disse...

Todo Mundo tem DIREITO a vida!
Assim como uma GRÁVIDA Teve seu direito de NASCER, seu FILHO deve ter o MESMO DIREITO! PENSEM NISSO MULHERES, NÃO MATEM OS SEUS PRÓPRIOS FILHOS! SE CUIDEM MUITO E EVITEM A GRÁVIDEZ! ESSE CONCERTEZA É O MELHOR METÓDO! E NÃO O ABORTO!

ACHO QUE DE VEZ DE LEGALIZAR O ABORTO, O GOVERNO DESTE PAÍS DEVERIA INCENTIVAR AS JOVENS BRASILEIRAS A SE CUIDAREM MAIS E DEPOIS DE GRÁVIDA DAR O MAIOR APOIO POSSIVEL PARA QUE SEJA EVITADO O ABORTO!
O ABORTO POR VONTADE PRÓPRIA É UMA DAS PIORES COISAS QUE O SER HUMANO INVENTOU, POIS É SÓ DEUS QUE DECIDE SE DEVEMOS VIVER OU NÃO!

EXISTE TANTAS MULHERES QUE GOSTARIAM DE TER FILHOS E NÃO PODEM. ENQUANTO OUTRAS PODEM TER QUANTOS QUISEREM E MESMO ASSIM ABORTAM A VONTADE!

Anônimo disse...

Não sou a favor do aborto, mas sou a favor da legalização do aborto não somente em casos de estupro ou de feto anencéfalo, e sim da legalização do aborto em qualquer circunstância. Pois a mulher que está decidida a abortar ela irá faze-lo sendo legalizado ou não. Desse modo, é melhor que seja de uma maneira segura para que se preserve sua vida. Se a própria mãe quer abortar o filho, nenhuma lei irá impedi-la.

jesse de Lima disse...

Ah! Cai na real, Thàáta Germano.
Os contraceptivos também falham, as camisinhas estouram, as pilulas do dia seguinte não são 100% eficazes, ou seja, mesmo que você se cuide, ainda existem riscos. E a única solução de evitar um filho indesejado, é ter uma vida de selibato, reprimir todo o desejo de fazer sexo para si mesma. Você gostaria disso?
O sexo vai muito além da simples reprodução, o sexo também é prazer.
Um filho indesejado normalmente resulta numa má criação, e uma má criação, resulta em um péssimo filho. Filho esse que pode tirar a vida de um filho de um pai,que de fato, deu educação á seu filho. Deu carinho e amor.

O aborto é um direito, sim.
Quem é o TSE pra dizer o que a mulher deve fazer?
Quem é você pra dizer o que alguém tem que fazer?
Você tem suas crenças, suas ideologias e seus dogmas, até aí tudo bem. Mas querer impor suas ideologias na sociedade, aí já é demais!